Primeiras páginas desde meu Blog criado em 2010

domingo, 7 de junho de 2015

Desrespeito aos Idosos

São tantos os assuntos que nem sei por onde começar... O que me motivou a criar esse blog na verdade foi a falta de respeito como os idosos. Em todos os lugares, mas principalmente dentro dos ônibus.
Me surpreendo ao saber que ainda existem pessoas que ignoram a existência de uma lei que dá direito ao idoso de sentar-se nos primeiros lugares nos transportes coletivos. Na verdade desconhecem o Estatuto do Idoso.


CAPÍTULO X
DO TRANSPORTE

Art. 39. Aos maiores de 65 (sessenta e cinco) anos fica assegurada a gratuidade dos
transportes coletivos públicos urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços seletivos e especiais,
quando prestados paralelamente aos serviços regulares.

§ 1.º Para ter acesso à gratuidade, basta que
o idoso apresente qualquer documento pessoal
que faça prova de sua idade.

§ 2.º Nos veículos de transporte coletivo de
que trata este artigo, serão reservados 10% (dez
por cento) dos assentos para os idosos, devidamente
identificados com a placa de reservado
preferencialmente para idosos.






Vejam as opiniões que já ouvi por aí...

(Obs: Essas opiniões que estão colocadas abaixo entre "aspas" e na cor azul estão exatamente como foram  faladas ou escritas, com seus erros de português se houver. A minha opinião como resposta está em vermelho.)

Alguém disse:

"Não vou bancar o hipócrita aqui, já tive oportunidades de ceder lugar mas olho em volta e ninguém se importa por que eu irei me importar com a do idoso que está de pé!"


Eu respondo:

Você deveria se importar para mostrar que tem um pouco de educação e consideração pelos idosos. Pois deve ser fisicamente mais forte e ter mais equilíbrio que os idosos.


Alguém disse:

"Depende do horário,pois se eu vier do trabalho cansada as 18;30 hs não cêdo não pois esse horário não é pra idoso tá na rua."

Eu respondo:

Como você sabe qual é a hora de idoso andar na rua? Não pode saber o que o levou a sair de casa em tal horário. Já pensou o quanto poderia ser sacrificado para ele estar na rua naquele horário?

Alguém disse: 

"Porque na grandes cidades há bancos nos ônibus ditos
"preferenciais", para idosos, gestantes, etc? Quero saber o que significa esse termo "preferencial", (eu acho que preferencial não é sinônimo de obrigatório). Se eu estiver num desses bancos, POR LEI, sou obrigado a ceder o lugar para um velh...digo...idoso, ou isso é a critério da minha consciência?"

Eu respondo:

"Preferencial" quer dizer que se estiver presente algum idoso o lugar com certeza é dele. Podendo ser ocupado por outras pessoas se não tiver nenhum idoso para ocupá-lo no momento.
Isso é lei sim, e lei é para ser cumprida. "A critério da sua consciência"??? E... será que você tem alguma consciência??? Sinceramente... eu acho que não!!!


Alguém disse:

"Odeio quando aqueles idoso vem solicitar o banco...
Não tenho nada contra os velhos, só acho que eles devem agir em paridade de condições com os outros"

Eu respondo:

Odeio quando aqueles jovens ocupam os lugares dos idosos... Não tenho nada contra os jovens, só acho que deveriam ter um pouco de educação e inteligência para perceber que os idosos já não tem as mesmas condições físicas que os jovens. seus passos são inseguros, seus músculos não são mais tão firmes, precisam de apoio e o ônibus em movimento é demasiado para eles.

Por hoje é só. Mas o assunto é extenso. Voltaremos a tratar sobre ele.

Postado por elizete.luz dia 30 de abril de 2010 no Blog Opiniões e Contradições.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Eu e minhas contradições: Revolta...Compaixão...


Esta é uma postagem que fiz no meu antigo Blog "Opiniões e Contradições" no dia 30 de maio de 2010. Assuntos de 5 anos atrás ainda tão atualizados. 






O que fazer quando o crack invade a nossa vida???
Sim... não pensem que sou usuária... Não...não sou... Mas...de que adianta não ser, se somos escravizados pela droga da mesma forma???
Nesta semana pela primeira vez arrombaram minha casa...pela primeira vez senti o que outras pessoas já sentiram várias vezes.
É horrível!!!
O que levaram???
Apenas um aparelho DVD e outros objetos, material de trabalho.
Mas não importa o valor do que levaram.. O que me dói é ter a minha casa, meu lar, minha privacidade invadida.
Não foram convidados, não eram bem-vindos. Não para fazer esse tipo de coisa.
São usuário de drogas que entram e roubam qualquer coisa que possam vender por cinco reais apenas e satisfazer a vontade incontrolável da droga.
Pobres criaturas!!! Sinto raiva!!! Me compadeço... Eis as minhas contradições.
E o que faz o poder público que não toma providências???
E a lei, que na verdade não é lei:
quando permite que roubam cidadãos de bem, que precisam trabalhar pra sobreviver e deixar suas casas a mercê dos ladrões,
quando permitem que esses roubos sejam acobertados, e vendidos logo depois aos nosso olhos e não podemos fazer nada... a Polícia Militar não pode fazer nada...a Policia Civil não pode fazer nada... o Conselho Tutelar não pode fazer nada...
Tudo porque precisa de uma ordem judicial...
E o tempo passa, os roubos continuam, o vício entre os adolescentes e crianças continua crescendo...
E quem está preocupado com isso???

E as mães na maioria também não fazem nada. Muitas vêem os filhos seguir o caminho sem volta e não buscam ajuda...E não estendem a mão a esse filho... E não pedem socorro.

Simplesmente dizem:"O que posso fazer?" E se conformam... e esquecem que aquele pobre marginalizado é seu filho... que precisa de ajuda também.
E dão graças a Deus por vê-los presos para ter sossego... ou quem sabe até mortos....

Não quero ser injusta, conheço mães dedicadas, que se preocupam, que sofrem, que agem, que participam, que se desesperam por não saber o que fazer, que imploram a Deus a ajuda divina. A elas o meu respeito e consideração.

Mas me revolto com aquelas que se omitem... Que mãe é essa?

Mas ainda há esperança para esses jovens... Sim! Eu acredito! Porque não! Mas é preciso conscientização, união e trabalho incansável na busca de soluções.

Diversos problemas sociais que se ligam entre si: drogas, marginalização, irresponsabilidade dos pais, irresponsabilidade e descaso da sociedade , do poder público, sentimentos diversos de impotência, abandono, tristeza, desespero, sofrimentos.

Será que é isso o que devemos esperar para o futuro?

Maldito crack (entre outras drogas) destruidor, que invadiu a vida de usuários, familiares e não usuários também, todos somos vítimas dessa "droga" de "droga"que está acabando com nossos jovens, destruindo valores, desestruturando famílias, causando muitos sofrimentos e infelicidades.




segunda-feira, 25 de maio de 2015

Voltei...

Olá pessoal!

Iniciei este Blog em 2010, sentia muita necessidade de desabafar.
Mas são tantas coisas...tantos compromissos,
acabei abandonando "Opiniões e Contradições".

Salvei  como  página  no  Blog Recordações by Elizete.

O tempo passou, mas a necessidade de falar, desabafar só aumenta..
Então eu voltei...
Agora com novo nome "Opiniões e Indecisões".